top of page

1 palavrinha

sincera

sobre manualidades

Milhares de seguidores e a miopia


É só abrir qualquer rede social que eles estarão lá: os perfis estrelados com milhares e até milhões de seguidores. Fica até difícil você pensar em começar um negócio e ser alguém relevante neste universo digital quando você só tem alguns gatos pingados te seguindo. Redes sociais são ótimos canais de vendas e relacionamento, mas induzem a uma certa miopia. A gente começa a acreditar que precisa ter o máximo de gente na nossa cola para poder tocar nosso pequeno negócio. Mas será? O grande perigo dessa crença é que a gente passa a valorizar mais os não seguidores do que os próprios seguidores. Nosso olhar e nossa atenção ficam tão voltados a crescer e prospectar mais gente, que esquecemos de atender otimamente aqueles que já estão conosco. O atendimento pessoa a pessoa pode ser o maior capital de um nanico da internet. Os grandes dificilmente poderão oferecer este diferencial. Pensa em quantas vezes você teve a atenção genuína de alguma empresa ou algum empreendedor, que te ouviu, te deu alguma resposta positiva ou negativa, mas mesmo assim estava lá pra te oferecer apoio. Pensa em como as pessoas estão cansadas de atendimentos automatizados, de ligações fora de hora oferecendo serviços, de tentativas de solucionar problemas em centrais de atendimento, de falar com gravações… Se você tem 50 seguidores, sirva estas 50 PESSOAS com o melhor que você tem. Concentre-se nestas criaturas iluminadas que estão dispostas a se relacionar com você.

.

Outro ponto que ajuda a compor este quadro de miopia digital pode ser entendido com a seguinte pergunta: você já parou pra pensar se as pessoas com milhares de seguidores conseguem transformar este número em vendas? No nosso nicho não é tão difícil crescer rápido nas redes. Se você seguir todo o receituário: oferecer muito conteúdo gratuito, sorteios, usar os áudios do momento, fazer collabs com perfis relevantes, isso tudo tende a angariar muitos seguidores. Mas todo este esforço só faz sentido se você tiver um bom serviço/produto por trás para oferecer. Se você tem um perfil grande, mas não tem serviços/produtos estáveis, de qualidade e/ou em volume para ofertar ou, pior, se seu perfil tem pouca conexão com o público, qual o sentido real de ter um número grande de perfis te seguindo? Tem muita gente apenas colecionando seguidores, sem saber o que fazer com eles. Além disso, crescer sob a estratégia de sorteios e conteúdos gratuitos, por exemplo, tende a atrair uma audiência promíscua, que vai te trocar pelo próximo perfil que oferecer basicamente as mesmas coisas. Por isso é tão importante a gente pensar em uma comunicação genuína, em sustentar a nossa própria voz dentro do ambiente digital, mesmo que seja para poucas pessoas. É até engraçado pontuar isso, pois a nossa capacidade de envolver o outro com a nossa autenticidade, com o nosso modo particular de ver e pensar as coisas sempre foram os elementos que geraram conexão.

.

Uma grande mudança acontece quando a gente se propõe a se relacionar melhor com os poucos que nos seguem. Muito melhor do que ter um universo gigantesco desconectado e mal atendido por você, é ter poucas e boas pessoas te circundando, pessoas cujas necessidades e gostos você entenda minimamente. Portanto, não se frustre com os números. Troque suas lentes e trabalhe para quem está próximo de você, para aqueles que você consegue ver e que te enxergam também.


*Este texto foi originalmente publicado na Newsletter Tofu Studio. Se você quiser ler nossos escritos em primeira mão, torne-se assinante da nossa newsletter e receba um texto fresquinho sobre o nosso universo artesanal a cada quinzena. Clique na aba NEWSLETTER no topo do site e assine!

Comentários


  • Instagram
  • Canal Tofu Studio
  • Facebook Basic Square
bottom of page